Slider

Vídeos

Notícias

Ministérios

Artigos

Formação e Espiritualidade

RCC Brasil

Dioceses

» » » » RCC de Paulo Afonso promoveu o 18° Vem Pra Cá

Fotos; Jardel Menezes
A Renovação Carismática Católica (RCC) de Paulo Afonso promoveu, de 11 a 13 de fevereiro, na quadra de Esportes do CEMPA, o Encontro de Carnaval Vem Pra Cá, com o tema “Retornai ao primeiro amor” (Ap 2,4) reunindo cerca de 800 pessoas por dia. O evento surgiu da necessidade de se realizar durante o período de Carnaval uma opção pra quem busca trocar os dias de folia pela possibilidade de uma profunda experiência com Jesus Cristo e Senhor, através do Espírito Santo, com muito louvor, adoração, músicas, pregações e missas.

Dom Dino, Bispo da Diocese de Caruaru/PE
O evento foi promovido pela RCC de Paulo Afonso, mas diversas pastorais e movimentos também participaram, bem como a comunidade católica Arca da Aliança, religiosas, grupos de jovens e o público em geral. Em sua 18° edição, o Vem Pra Cá convidou os católicos a retornarem ao primeiro amor. Os pregadores Dom Bernardino Marchió, Bispo da Diocese de Caruaru/PE; Pe. Edinaldo Santos, Assessor Eclesiástico da RCC na Diocese de Paulo Afonso; Jeferson Pereira, seminarista da Diocese de Paulo Afonso; Ayrane Santos, Presidente do Conselho Diocesano da RCC Paulo Afonso; Frei José Nemézio e Frei Francisco Pereira, ambos da paróquia Sagrada Família, no BTN nos ajudaram a refletir sobre o efeito que causa em nossa vida e a transformação impactante que surge a partir do encontro com o Cristo. O tema do encontro, retirado do livro do Apocalipse nos mostra que esse não é somente um livro de revelações, mas um convite a conversão sincera. Mostra o rosto de um Deus que é misericórdia. O evento contou com a presença do Pe. Thiago Costa e Pe. Ronival que ajudaram nas confissões e na adoração. Pe. Adriano Carvalho, Chanceler da Diocese de Paulo Afonso, fez uma reflexão sobre a Campanha da Fraternidade deste ano, que começa a partir da quarta-feira de cinzas.

Dom Guido Zendron, Bispo de Paulo Afonso
A missa de encerramento foi presidida pelo Bispo da Diocese de Paulo Afonso, Dom Guido Zendron. Em sua homilia sobre o tema do encontro, o Bispo ressaltou que “a grande questão é saber como é que Jesus ‘bate’, e a segunda pergunta a nos fazer é porque é tão difícil abrir a Cristo, e tão fácil abrir a outras realidades? Com as leituras de hoje podemos concluir que é através da realidade, Deus não usa forças extraordinárias, Ele vem ao nosso encontro através de circunstâncias, de dificuldades, das dores da vida que são oportunidades para deixar Deus purificar o nosso coração. Antes de partir de Deus, nós precisamos partir da nossa experiência. Se não for assim, nunca vamos perceber que precisamos de Jesus; pensem no encontro com a Samaritana, com os leprosos, e Zaqueu; qualquer que seja a situação pela qual passamos Jesus chega para dizer que precisa de nós, que bate à porta do nosso coração.”

Rita de Cássia Dantas, uma das organizadoras, falou suas impressões sobre o evento: “foi muito bom. As pregações excelentes, havia um clima de retiro mesmo, os participantes bem atentos a tudo que foi falado”. Destacou ainda a pontualidade na programação, bem como os momentos de adoração e oração que foram muito bem conduzidos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga