Estão abertas as inscrições para o Estadual para Coordenadores e Núcleos de Grupos de Oração

Slider

Vídeos

Notícias

Ministérios

Artigos

Formação e Espiritualidade

RCC Brasil

» » » » “Grupos de Oração, Cenáculos de Jerusalém nos dias de hoje”, afirma Presidente Nacional da RCC Brasil no Encontro Estadual para servos da RCC Bahia


  

A última noite do Encontro Estadual para servos da RCC Bahia contou com a presença de Vinícius Simões, atual presidente Nacional da Renovação Carismática Católica do Brasil. Vinícius com muita simplicidade expressou sua alegria em poder participar desse Encontro Estadual para servos da RCC Bahia e já profetizou que as vidas de todos seriam divididas “antes do Encontro” e “depois do Encontro”.

A condução dessa última noite ficou por responsabilidade da Diocese de Amargosa que com muita alegria e entusiasmo introduziu a todos os servos e demais acompanhantes do canal do YouTube da RCC Bahia na oração, motivando a abraçar os seus em suas casas e extravasar de alegria.

Coube ao Presidente Nacional pregar neste Encontro Estadual para servos da RCC Bahia o tema: Grupo de Oração conduzido pelo Espírito Santo. Vinícius já no início de sua pregação afirmou que nossos Grupos de Oração, são nossos Cenáculos de Jerusalém, hoje. Lugar de experiência expectante com o Espírito Santo. É nos Grupos de Oração que o Pentecostes é atualizado. Hoje somos convocados por Jesus, assim como Ele pediu aos discípulos (At 1,4) que nós aguardássemos em nossos Grupos de Oração o cumprimento da Promessa. Assim, Vinícius propõe a todos um mergulho no Espírito Santo e que possamos corresponder a vontade de Deus, que é a nossa santidade. Lugar propício da experiência de Pentecostes com o mesmo Espírito Santo que foi derramado sobre os discípulos, é derramado hoje sobre nós e continuará sendo derramando até a volta de Jesus. “Cada carismáticos é chamado a ser rosto de Pentecostes” salientou Vinícius. 

Enfatizando que as pessoas devem reconhecer em nós a graça de Pentecostes. Salientando que o Papa utiliza a expressão “trazer memória”, memória é trazer de volta lembrar, recordar. Recordar para atualizar a experiência de Pentecostes.  “Há um Pentecostes para hoje, aqui é agora.

Vinícius ressaltou que a direção do Grupo de Oração deve estar nas mãos do Espírito Santo, Ele é o protagonista, é Ele quem dirige, conduz, aparece, nós somos meros instrumentos dóceis a Ele. O Grupo de Oração deve ser comparado a uma grande orquestra, nós somos os músicos nos diversos instrumentos regidos pela batuta do Espírito Santo.  Esse é o desafio. Abandonar-nos inteiramente nas mãos do Espírito Santo. 

O presidente Nacional, também trouxe o texto do Evangelho de São João capítulo 3, versículos de 6 a 8 para enfatizar a grande diferença entre os que vivem pela carne e os que nascem e vivem pelo Espírito. É preciso deixar morrer a carne para renascer no Espírito, infelizmente, muitas pessoas têm dificuldades de nascer para o Alto. Maria nos mostra como devemos deixar o Espírito prevalecer em nossas vidas. Sua vida foi totalmente entregue nas mãos do Espírito Santo. Quando o anjo vem anunciar-lhe a missão que Deus confiava a ela, com muita docilidade, após ouvir a explicação do anjo ela responde: “Eis aqui a escrava do Senhor, faça-se em mim, segundo a tua palavra. ”Enfatiza que Maria nos ensina que o Espírito Santo é quem assume o controle da nossa vida, sendo assim, é o Espírito Santo quem assume a direção de nossos Grupos de Oração.

Salientando que esse abandono é um exercício diário.  Devemos sempre responder como Maria: Eis aqui o (a) servo (a) do Senhor.... Devemos ter uma entrega total ao Espírito Santo. 

Vinícius também expressou que não tinha dúvida nenhuma de que Maria foi à garantidora da serenidade e docilidade ao Espírito Santo aos discípulos que ansiosos e receosos se encontravam na sala do Cenáculo na expectativa do Espírito Santo prometido por Jesus. Aqueles homens estavam abertos a ação do Espírito Santo por isso ficou cheios. Vinícius ressaltou que Pentecostes foi um verdadeiro Tsunami do Espírito Santo, um grande Tsunami do Amor. A partir desse derramamento do Espírito Santo vidas são transformadas, milagres acontecem, mortos revivem.

Afirmando ainda que o Espírito Santo é um verdadeiro rio  caudaloso que arrasa tudo o que não é de Deus e inaugura um tempo novo, nos desinstala, abrindo-nos para as coisas que Deus tem reservado para nós. Citando David Mangan, um dos pioneiros do evento de Pentecostes em Duquesne, no qual afirma que o Batismo no Espírito Santo é um verdadeiro marco. É uma dinamite que explode e faz novas todas as coisas dentro de nós.  Nos impulsionam, nos faz sentir uma amor renovado pela Igreja, nos dá fome e sede da Palavra.

Vinícius enfatizou sobre a imprevisibilidade do Espírito Santo nos nossos Grupos de Oração, não podemos adestrá-lo, pelo contrário, nós é quem devemos estar abertos a sua ação. Não podemos correr o risco de “enlatar" a espiritualidade da RCC e os carismas. Ainda se referindo ao Espírito Santo como “Tsunami” reforçou que esse Tsunami do Espírito Santo vem para ordenar as coisas, assim como no início da criação o Espírito Santo pairava sobre o caos. O Espírito vem para organizar, trazer a ordem.

Exortando ainda a todos sobre a liberdade do Espírito Santo, Vinícius fez menção ao Papa Francisco em 2014: “Vocês o povo de Deus, o povo da RCC,  cuidado para  não perderem a liberdade que o Espírito Santo vos deu. Não percam a graça. Deixem Deus ser Deus. Deixem o Espírito Santo vos conduzir.

Pedro agiu como um Tsunami, abriu a porta do Cenáculo e pregou convertendo 3000 homens. Citando, David Wilkerson, escritor do livro A Cruz e o Punhal, salientando que se ele não tivesse se deixado conduzir pelo Espírito Santo a obra não aconteceria. Hoje ele já morreu, mas a obra permanece convertendo a muitos. Ressaltando que nós é que estamos a serviço do Espírito Santo e não Ele.

Finalizando sua pregação trazendo três pontos fundamentais para os coordenadores e servos:

1)      Como eu posso me deixar guiar pelo Espírito Santo?

 Via da Oração.  Preciso ser um grande carismático todos os dias, aberto ao Espírito Santo. Nutrir essa intimidade com o Espírito Santo.

 

2)      O Senhor quer dar direcionamentos a RCC:

Escuta, a cada coisa, a cada missão que vou fazer um novo Pentecostes, cuidado coordenadores é preciso ter escuta e a graça do discernimento dos espíritos para saber qual o principal animador seu está por trás. Para não parecer hoje que bate e volta na parede. É preciso diminuir para que o Senhor reine. Cuidado com nossos egos.

 

3)      Somos servos chamados a ter ousadia para romper com os esquemas:

Fugir da rotina, cuidado com projetos já pré-formatados. Quando permanecemos fechados em nossos esquemas é como ocorre com uma pessoa fechada em seu quarto, adoece. Não resistimos ao Espírito Santo. Deixemos o Espírito Santo conduzir nossos Grupos de Oração.

 

Por fim, Vinícius motivou a todos a ter uma medida alta na vida cristã, ser cheios do Espírito Santo,  deixamos ser inundados por essa Tsunami do Espírito Santo,  essa Tsunami do Amor, buscarmos ser novos, um reenvio, sermos sentinelas recrutados, não nos deixarmos abater, sermos vigilantes como as virgens prudentes. Deixemos a água do Espírito Santo nos tocar para tornar tudo são.  (Ez 47, 9)

«
Next
This is the most recent post.
»
Previous
Postagem mais antiga