Estão abertas as inscrições para o Estadual para Coordenadores e Núcleos de Grupos de Oração

Slider

Vídeos

Notícias

Ministérios

Artigos

Formação e Espiritualidade

RCC Brasil

» »Unlabelled » Não precisamos do Espírito Santo, pelo contrário, necessitamos d’Ele como o ar que respiramos foi a expressão que marcou a terceira noite do Encontro Estadual para Coordenadores e Núcleo dos Grupos de Oração

 


A terceira noite (07) do Encontro Estadual para Coordenadores e Núcleo dos Grupos de Oração contou com a animação do casal Marcel e Manu do Grupo de Oração Adonai do Setor I da RCC São Salvador, Manu atual Coordenadora Estadual do Ministério de Música e Artes da RCC Bahia proporcionando logo no inicio da oração o revestimento da Armadura do Cristão conforme a Palavra de Deus na Carta de São Paulo aos Efésios, capítulo 6, versículos 10 a 18, enfatizando que devemos diariamente no revestir e orar constantemente  no Espírito Santo. 

Durante a oração o Senhor exortou que nesta noite Ele cuidaria de todos não como lideranças dos Grupos de Orações, mas como filhos,  capacitando a cada um para exercer seus Ministérios e suas coordenações. Por meio de imagens foi revelado que os servos estão fazendo muitas coisas, mas estão deixando brechas abertas, exortando que é preciso se aprofundar na oração para fechar as brechas. Muitas curas, milagres e libertações estavam acontecendo. Também imagem de pessoas que se achavam pequenas em comparação a outros servos que faziam tantas coisas, e a pessoa se sentia simples e pequena. Deus vem exortando que realmente, a quer pequena na sua simplicidade,  realizando bem o que realiza. Faz o que Eu te mostrar, Te quero pequeno(a) e ousado(a). Também exortou uma pessoa que já tinha seu Ministério discernido para a Pregação,  mas por vergonha, timidez não tinha assumido, tomado posse do Ministério e por isso, muitas pessoas ainda não tinham sido alcançadas pelo Amor de Deus por meio de sua pregação. É desejo do coração de Deus que você seja um(a) pregador(a) para salvar almas.

Gledyson Silva, coordenador Estadual do Ministério de Pregação iniciou a pregação sobre Batismo no Espírito Santo e prática dos carismas motivando a todos os carismáticos que estavam acompanhando a transmissão do Encontro para receber algo de muito bom que Deus estava preparando para todo o Movimento da Renovação Carismática Católica do Estado da Bahia. Alegando com entusiasmo que a promessa de Deus é grande para a vida pessoal, ministerial e  para o Grupo de Oração de todos.

Sua pregação foi baseada no Livro dos Atos dos Apóstolos capítulo 1, versículos 4 a 8, enfatizando que essa deve ser a Palavra de cabeceira  para todos carismáticos, uma vez que ela é o cerne da espiritualidade enquanto, movimento RCC, na qual relata acontecimentos após o momento em que Jesus deu as últimas orientações para os discípulos antes de ascender ao céu. Neste tempo teológico, não cronológico enfatizou Gledyson, 40 dias após a Ressurreição de Jesus (cf. Mt 28, 16), Ele pede aos discípulos que retornem a Galileia, voltem ao início onde tudo começou. Contextualizando para nossos dias, salientou que com essa Palavra, Deus deseja operar na vida pessoal dos servos e nos Grupos de Oração, motivando a todos a voltarem há 4 anos, quando a RCC celebrava seu Jubileu de Ouro, quantas profecias e moções foram proclamadas falando do tempo da graça, o novo Pentecostes, do sobrenatural tornando natural, porém salientou que muitos Grupos de Oração, infelizmente,  perderam de vista essas proclamações e estavam fechados como guardas-chuvas abertos que impediam da graça de Deus os alcançarem, mas no ano seguinte, Deus já revelava seu derramamento de amor sobre todos em Romanos 5, 5.

Gledyson, reforçou sobre o sonho de Deus para todos, citando a pregação de Vinícius Simões, Presidente da RCC Brasil no Encontro Nacional de Formação que trouxe três  palavras de sabedoria: Resgatar; Guardar e Propagar a Identidade da RCC para que o mundo seja batizado no Espírito Santo. O sonho de Deus é o zelo pela nossa Identidade que é a nossa essência. Enfatizando que para que o mundo seja batizado no Espírito Santo é  preciso que todos estejam predispostos a executar, Deus não é invasivo,  Ele é delicado, Ele espera que nos abramos, demos oportunidade para Ele intervir nas nossas vidas, para realizar as graças necessárias e assim também,  poder por meio de nós alcançar outros.

Também exortou que mesmo que seu Grupo de Oração seja pequeno, mesmo assim, o mundo será batizado no Espírito Santo, porque quem faz a graça acontecer é Deus. O Espírito Santo que operou em Pentecostes, em Duquesne é o mesmo que opera em nós hoje. Temos um chamado para hoje: zelar, guardar e cuidar da nossa Identidade é o cerne, a base que sustenta não só o Movimento RCC, enfatizando que o batismo no Espírito Santo não é particularidade,  da RCC, mas de toda a Igreja.

Gledyson alertou sobre o cuidado com os Grupos de Oração que estão se esvaziando por falta do verdadeiro batismo genuíno no Espírito Santo, elencou três  coisas para que esse Batismo genuíno aconteça: 1) Congregação (Unidade) dos servos – Comunidade – Viver como irmãos) e; 2) Desejar o batismo no Espírito Santo e 3) Clamar o Espírito Santo não como uma precisão,  mas como uma necessidade da alma, necessidade como se necessita do ar para respirar.

Por fim, como resultado desse desejar e clamar o Espírito Santo em unidade com os irmãos a abertura aos carismas acontecem. Os Grupos de Oração não podem ter apenas um carisma, só o dom de línguas.  É necessário os demais: interpretação de línguas, profecias, palavras de ciência, dom de cura, fé,  discernimento dos espíritos.  Lembrando a todos que os Grupos de Oração são hospitais de Campanha e que os carismas são instrumentos cirúrgicos para curar os doentes, como serão curados se não deixamos o remédio de Deus agir, exortou Gledyson.

Após o momento de oração,  Gledyson foi proclamando quebras de correntes, visões sendo ampliadas como águias, curas de relacionamentos e libertações,  perdão, a graça da maternidade, pessoas sendo iluminadas em quartos escuros, milhares de pessoas como os ossos secos, ganhando carne e se levantando como exércitos. Finalizando, convocando a todos a se ajoelharem e na fé receberem um óleo de uma nova unção sobre suas cabeças como Davi foi ungido.

Coube a Aloísia Marques,  coordenadora Estadual do Ministério de Comunicação Social  fazer os agradecimentos da noite, a mediação das partilhas dos Ministérios de Música e Artes, Fé e Política e Intercessão e o anúncio da presença de Vinícius Simões, Presidente da RCC Brasil como pregador da quarta noite do Encontro.

 

«
Next
This is the most recent post.
»
Previous
Postagem mais antiga