Slider

Vídeos

Notícias

Ministérios

Artigos

Formação e Espiritualidade

RCC Brasil

Dioceses

» » » » Pregações marcam o segundo dia do XVII congresso da RCC Bahia

Logo nas primeiras horas da manhã, os fiéis carismáticos foram acolhidos na chegada com abraços de boas vindas por servos do Ministério de Promoção Humana. O segundo dia do 17º. Congresso Estadual da RCC Bahia iniciou às 7h30 com a oração do Ofício de Nossa Senhora, sob a condução do Ministério de Música e Artes.

A primeira pregação do dia, foi ministrada pela Presidente do Conselho Nacional da RCC, Kátia Zavaris. Com o tema: “50 anos de Caminhada, o que o Senhor espera de nós?”, Kátia compartilhou suas experiências vividas nos últimos 30 anos de RCC e por ocasião da celebração do Jubileu de Ouro em Roma, recordou as palavras do Santo Padre que reconhecia a importância do movimento para a Igreja, exortando os carismáticos: “E agora, para onde vamos? Chegou a hora! É tempo de revisão, revigoramento e rejuvenescimento, disse o pontífice.” A presidente exortou a assembleia dos fiéis carismáticos que estamos proibidos a lançar palavras que não edificam, é preciso lembrar do batismo no Espírito Santo.

Após um breve intervalo para o lanche, as atividades retomaram com animação, que deram continuidade a segunda pregação com João Cláudio Rufino, pregador da RCC Brasil e membro do Grupo Aviva, em São Paulo. Com o tema: “Nosso Senhor e libertador está entre nós”, Rufino desenvolveu sua reflexão com base no Livro do Êxodo, lembrando que Deus tem um plano de salvação para nós, mas é necessário a abertura de coração. “Deus tinha iniciado a obra de conduzir e libertar o povo de Israel do deserto, caminharam três dias sem água e eles já estavam desesperados. Muitas vezes nós estamos neste deserto, com dificuldades e abatidos, mas Deus nos diz: ‘Entrar no deserto é ponto fundamental. Para Deus é algo próprio da caminhada’.”, concluiu Rufino.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga